Header Ads


Porquê que os shows no Huambo já não enchem: «Desvalorização dos músicos locais e falta de publicidade» são as principais causas - Portal Vany Musik

MATERIA: IZILDA JORGE
EDIÇÃO: ESTEVÃO NGUNDIA
 
A muito que o Huambo já não verifica enchentes como essas nos Shows, a par de Anselmo Ralph.
 
No nosso espaço opiniões de hoje trouxemos como tema Porquê que os shows no Huambo Já não enchem?

Hoje a repórter do Portal Vany Musik Izilda Jorge esteve nas ruas do Huambo para saber das pessoas o quê que se passa e qual é a solução?
 
Cada um dos nossos entrevistados teve 30 segundos para responder a questão, acompanhe aquelas que achamos mais convenientes:
 
REGINA MUSSUNGO: Eu acho que o problema maior está na falta de publicidade, os nossos promotores colam apenas panfletos nas principais arterias da cidade, têm de colar também nos bairros.
 
FERNANDO MIGUEL: A não valorização dos artistas locais está na base dessa falta de aderência das pessoas aos shows, porque os artistas locais que eles convidam são sempre os mesmos.
 
ALEXANDRA BALÚ: Eu acho que os promotores têm de valorizar mais os músicos locais e lhes dar mais oportunidades, a quem tem vontade de ir ao show, mais como o seu músico favorito "Local" não está na publicidade perde a total Vontade.
 
CREUZA DE OLIVEIRA ALEXANDRE: Têm de publicitar mais "Não só em rádios" mas também nas plataformas digitais locais. Por exemplo O Show da B26 foi o pior, mesmo a meterem as pessoas de favor  tinha menos de 100 pessoa, até nem a própria B26 Cantou as músicas que tinha preparado. 
 
DAWAN RICHARD: Enquanto não darem valores aos artistas locais será sempre assim, e os promotores não devem esquecer que é a carreira deles que está em jogo. Rocha + Rocha o povo vai se esquecendo de você.
 
XIEMY TCHOCALIE:  Os shows já não enchem Porque alguns promotores e associados travam o público, normalmente boicotam os outros na vertente de não ajudarem na mobilização. Isto porque cada promotor tem seu público alvo e em off incutem ideologias as pessoas para não aderirem.

GUTHERCIO LOPES: Primeiro têm que valorizar os músicos locais e meter músicos diversificados e os bons, o problema do Huambo é meterem sempre os mesmos músicos e só mudarem os nomes dos eventos , e isto o povo está farto. Tem que investigar quais são os músicos que arrastam multidões em várias partes da cidade e estes é que estariam nos eventos não os que parecem pagar para cantar , mais cantam mal , e o público é obrigado a ver o que não quer.
 
MAURA DOS ANJOS: É sabido por todos que no Huambo o estilo mais popular é o Kuduro, porquê que os promotores não convidam um Fity Leirão, Tony Mestre Ou Tchutcho Rodas que têm quase publico em todo sitio? Se não sentarem e refletirem os nossos promotores vão sempre sair a perder (Dinheiro).
 
ARTUR CARLOS: Estamos fartos de ver sempre os mesmos artistas locais no panfleto, toda hora "Edna Mateia, Turma Do Pânico, Elmah Coelho, Jorge Sanjai, The Fabulous etc" deiam oportunidades aos outros também. Porque nós que gostamos de assistir shows queremos inovação, queremos "Justino Handanga, Bessa Teixeira, Tony Mestre, Fity Leirão, Piploy, Pax e outros".
LUISA MERENDA: Um bom negócio só tem exito com uma boa publicidade, por isso os promotes têm de levar aos olhos das pessoas aquilo que vai acontecer. Por exemplo a internet nesse momento é a maior rede de publicidade do mundo porque qualquer pessoa tem acesso. Pensem nisso manos.
 
RICARDO MANUEL: O problema dos nossos promotores é quererem investir 2 milhões para tirar 5 milhões, assim a coisa não funciona, sigam exemplo dos promotores de outras províncias, por isso é que quando a staff dos vip esteve cá nos deu na cara.
PORTAL VANY MUSIK: +244 922177670

 
 
Com tecnologia do Blogger.