Header Ads


Huambo: Lázaro Chiculupi aprova em INESD e festejará na Praia Morena - Portal Vany Musik


Por: Izilda Jorge
Revisão: Aleluia Jaka

Em ambiente festivo onde se comemora o Natal e o Ano Novo para os Cristãos, o estudante de Direito Lázaro Rufino Tchikulupi Kambuta dará uma farra rija, na PRAIA MORENA, por ter sido apto na disciplina de Introdução ao Estudo de Direito – INESD.
Kambuta, ingressou na Faculdade de Direito da Universidade José Eduardo dos Santos em 2015, neste ano, fazendo o 1º ano, transitou nas disciplinas de Língua Portuguesa I, Economia Política, Ciências Politicas e Direito Constitucional, Direito Romano, Latim Jurídico I, História das Ideias Políticas e “chumba” em Filosofia de Direito e Introdução ao Estudo de Direito. 

Em 2016 matricula-se no 2º ano, todavia, com rebusca de Filosofia do Direito e o cadeirão Introdução ao Estudo de Direito, focaliza-se nestas duas, com efeito reprova em todas as cadeiras do 2º ano e nas do 1º, isto é, Filosofia do Direito e INESD. 
Em 2017 matricula-se, novamente no 2º ano, aprova em Língua Portuguesa II, Finanças Públicas e Direito Financeiro, Direito Administrativo, Latim Jurídico II, estas do 2º ano; ainda, aprova em Filosofia do Direito e a famosa INESD – Introdução ao Estudo de Direito com 10(dez) valores, após uma oral feita de forma sensacional como o tema: AS SANÇÕES JURÍDICAS. 

O portal Vany Musik interrogou-lhe sobre as razões de tantas reprovações em INESD e ele respondeu: 
- Eu lia pouco e não aplicava os termos científicos e técnicos jurídicos; não sabia resolver casos práticos, os professores eram meus amigos e achava que eles podiam me facilitar a vida. Finalmente em 2017 comprei todo o material didáctico para entender INESD – O dicionário Jurídico de Ana Prata, O livro do professor António dos Santos Justos, Cópias do Livro do professor Teodoro Bastos , Sebenta de Albino Sinjencumbi e muitos resumos que circulam por aí na escola. Gastei aprocimadamente 100.000, 00 akz ( cem mil kwanzas ) para entender e tirar INESD. Agora, nada melhor que gastar em bebidas e petiscos outros kwanzas para completar os cem mil kwanzas.

O Portal Vany Musik soube que Lázaro Chiculupi é funcionário do Ministério da Justiça e dos Direitos Humanos e como fez um contrato-promessa de festejar com amigos e colegas na PRAIA MORENA, no Sábado, dia 30 de Dezembro – Rua 28 de Maio Caála deverá cumprir como se publica aqui. Entretanto os convites são limitados.

De salientar que Lázaro Chiculupi é mestre-de-cerimónias­ cognominado de Kázabu MC.

Com tecnologia do Blogger.