Header Ads


Espaço Huambo Yetu: «Apreendidos 160 metros cúbicos de madeira mussivi no Huambo» - Portal Vany Musik

Por: Estevão Ngundia
Fonte: Angop / Huambo

O facto foi dado a conhecer à Angop, pelo chefe do departamento do Instituto de Desenvolvimento Florestal (IDF) no planalto central, Antunes Justino, informando que o decreto em causa orienta a cessação, em todo território nacional, da exploração da madeira nativa, designadamente as espécies pau-ferro, mussivi, girassonde, pau-preto, entre outras.
Acrescentou que o incumprimento da decisão, por parte dos operadores do sector florestal, levará a apreensão e confisco, à favor do Estado, do produto, dos meios e do equipamento utilizado na sua transportação, tal como aconteceu com o aprisionamento, quinta-feira, de quatro camiões que transportavam 160 metros cúbicos de madeira em touro.
Antunes Justino esclareceu que a deliberação, que entrou em vigor as 00h00 de 31 de Janeiro, determina que o incumprimento da lei levará, de igual modo, ao pagamento de multas e a não renovação da licença para a próxima campanha florestal, marcada para os meses de Junho a Outubro.
Disse que o IDF aguarda, neste momento, pela decisão do Ministério da Agricultura e do Desenvolvimento Florestal sobre o destino da madeira apreendida, cujo destino era o porto do Lobito, na província de Benguela, para ser exportada.
Ainda afirmou que a deliberação em causa não abrange as várias espécies de madeira plantada, tal como o eucalipto, pinheiro e cedro, que caracterizam a região do planalto central, cujo controlo devem contar com envolvimento de toda população na eventualidade de existir o abate indiscriminado.
Antunes Justino deu a conhecer que a província do Huambo, com uma extensão territorial de 34.270 quilómetros quadrados, conta apenas com oito técnicos responsáveis pela fiscalização dos perímetros florestais, situação que facilita a exploração ilegal, por falta de capacidade de controlo de todas as áreas, numa altura em que o IDF prepara mais de 40 mil mudas de árvores para a replantação.
Com tecnologia do Blogger.