Header Ads


Espaço Hip-Hop Huambo: "O divórcio dos Hiphopas com as instituições" - Portal Vany Musik


Por: Ti chiny o Agro - Rapper.
Revisão: Estevão Ngundia

É sempre necessário e saudável a legalização do artista numa instituição, quer pública, privada, singular ou colectiva, enfim o que dá outra credibilidade na carreira deste.

No acto da inscrição, anuncia - se um pacote de recomendações com direitos e deveres.
Mas com o tempo, a falta de honra ou o não cumprimento, do compromisso, fazem com que se instale descontentamento e até revolta deste com as instituições.

Nota - se falta de políticas e programas sérios e credíveis que motivem os fazedores de arte. E por azar de uns e sorte de outros em certas actividades por eles programadas, os mesmos, são sempre os mesmos.

Os gestores ou decisores destas políticas, no cumprimento de ordens superiores, ou mesmo por desleixo severo, matam instituições, provocando um divórcio, e os artistas seguem a bala do "vira - se quem poder", e ninguém salva ninguém, nota -se falta de solidariedade no colégio artístico, e a classe na busca de oxigénio, passam a vida se odiando, bifando, sem saber que o seu papel na sociedade é educar a sociedade, mas estes fazem o contrário.
É necessário atacar este mal e inverter o quadro para o bem social.

Com tecnologia do Blogger.