Header Ads


Espaço Hip Hop Huambo: "O Hip Hop e a não violência" - Portal Vany Musik

Por: Mister Henry
Revisão: Estevão Ngundia

A maioria dos jovens associados ao movimento Hip Hop, adopta a postura de não violência. Eles se inspiram em líderes pacifistas como Luther King, Ghandi e outros.
Estes muitas vezes protestam quando a ideia do inimigo é de confronto. De um modo diferente das gangues e galeras, que se pautam pela violência, o Hip Hop inverte o lema da violência para outra dimensão, a da consciência.

Shusterman acredita que o Hip Hop proporciona um campo estético onde a violência física e a agressão são traduzidos em formas simbólicas.

O fenómeno Hip Hop, nasceu para a paz e paz significa consciencialização dos direitos sociais, reconhecimento dos valores, necessidade de estudos, não conflitos, não rivalidades e levar a paz com a arte. O que permite aos jovens criar estratégias que possibilitem reinterpretar a fórmula positiva da experiência de não exclusão.
Com tecnologia do Blogger.