Header Ads


Covid-19: Vinte e dois cidadãos liberados da quarentena na província do Huambo - Portal Vany Musik

POR: Estevão Ngundia

Vinte e dois cidadãos, de um total de 40, deixaram a quarentena domiciliar esta semana, na província do Huambo, por não apresentarem sintomas compatíveis à gripe por Coronavírus (Covid-19).

O facto foi tornado público hoje, quinta-feira, em conferência de imprensa, pelo porta-voz da Comissão Multisectorial Prevenção a esta pandemia no planalto central, Lucas António Nhamba, durante a qual considerou estável a situação epidemiológica da província.
Informou que os 40 cidadãos, 22 dos quais com alta médica, entraram para esta região em momentos diferentes, vindos de países com infecção acentuada da doença, como por exemplo Portugal, África do Sul, Brasil e outros como a vizinha República da Namíbia e do Líbano.
O também director do Gabinete de Saúde disse que os demais indivíduos (18) deixarão a quarenta até, no máximo, no próximo dia 05, visto que não apresentam sintomas compatíveis ao Covid-19, numa altura em que o país regista oito (08) casos, com duas mortes e um recuperado.
Lucas António Nhamba informou ainda que os nove (9) cidadãos testados pelos especialistas do Instituto Nacional de Investigação de Saúde (INIS) foram igualmente liberados, depois apresentarem um quadro de leve de sintomas respiratórios.
Não obstante a esta estabilidade, o responsável disse que as autoridades intensificaram, nos últimos dias, as campanhas de sensibilização nas comunidades, com a criação de equipas rápidas de notificação de qualquer caso, além da melhoria das medidas de biossegurança, por parte dos profissionais de saúde, sobre o uso correcto dos equipamentos de protecção individual.
Disse que o Ministério da Saúde enviou recentemente alguns equipamentos para reforçar o stock da província do Huambo, que conta, neste momento, com seis ventiladores mecânicos para o auxílio à respiração, instalados, entre outras instituições, nos hospitais Central, Militar e municipal do Huambo.
“A aquisição de ventiladores faz parte da lista de necessidades do Governo da província do Huambo, no que a prevenção e combate do Covid-19 dizem respeito, embora, na eventualidade de se registar casos positivos, nem todos os infectados terão a necessidade de usar este equipamento, salvo quando tiver problemas intensos”, esclareceu.
Lucas António Nhamba reiterou o apelo no sentido das pessoas manterem-se em casa, para evitar possíveis contágios comunitários, devendo, deste modo, os directores de repartições de Saúde nos 11 municípios e das unidades hospitalares criar condições de transportes, para recolher o pessoal ligado ao sector em pontos identificados.
Lembrou que, em casos de suspeitas ou denúncia sobre o incumprimento da quarentena domiciliar, os cidadãos deverão ligar para os terminais +244 923622296; +244 944909769; +244 944909768 e +244 944909764, numa altura em que as autoridades estão a preparar um grupo de psicólogos para prestarem assistência, quer ao pessoal de saúde, quer à população.
Noutra parte da conferência de imprensa, o responsável aconselhou os pais e encarregados de educação a agasalharem as crianças e evitarem dar banhos no período nocturno, para prevenir eventuais doenças respiratórias durante a época fria, tais como tosse, bronquite e pneumonia, que podem colocá-los em pânico, sobretudo, nesta fase em que o mundo está assolado pela pandemia do Covid-19.

FONTE: ANGOP/HUAMBO
Com tecnologia do Blogger.