Header Ads


Huambo: Comuna da “Calima” necessita de 110 profissionais de saúde - Portal Vany Musik

POR: Estevão Ngundia

Calima - Pelo menos 110 profissionais de saúde são necessários para dar cobertura ao sistema sanitário da comuna da Calima, 20 quilómetros da cidade do Huambo, para a melhoria da assistência médica/­medicamentosa dos 66 mil habitantes.
O facto foi manifestado hoje, quarta-feira, à ANGOP, pelo administrador local, Lino Sondembe Martins, salientando que a localidade, uma das duas comunas do município do Huambo, sede da província com o mesmo nome, necessita de dois médicos, enfermeiros e técnicos de diagnóstico e terapêutica.
Referiu que a carência de quadros resulta do aumento das infra-estruturas sanitárias na comuna da Calima, cujo crescimento não está a ser alinhado com a colocação dos profissionais.
Lino Sondembe Martins lembrou que na localidade existem, neste momento, 12 postos de saúde, com um universo de 36 profissionais, repartidos em apenas três para cada um dessas instituições, ao passo que nos dois centros médicos trabalham 42 técnicos.
O administrador comunal informou que a comuna da Calima conta apenas com 88 profissionais de saúde, sem nenhum médico, quando a recomendação é de 92 técnicos por cada centro, de modo a ser prestada uma assistência médica/medicamentosa de qualidade.
Segundo o interlocutor, a Organização Mundial da Saúde (OMS) determina, para  o continente africano, o rácio de um médico para dois mil habitantes e o único que a comuna controlava foi transferido para a comuna da Chipipa e, nesta altura, o sector é assegurado apenas pelos técnicos de enfermagem e diagnóstico e terapêutica.
Não obstante a essa escassez, Lino Sondembe Martins disse que o sector da Saúde na comuna Calima tem, nos últimos anos, conhecido graves avanços, dispondo de uma unidade sanitária de referência, dois centros médicos e 12 postos de saúde, estes últimos construídos nas aldeias mais afastadas, para encurtar as distância percorrida pela população na busca de cuidados sanitários.
Informou ainda que, no quadro da execução do Programa Integrado de Intervenção dos Municípios (PIIM), a comuna vai ganhar mais um posto de saúde, em construção, embora a outra necessidade está relacionada com a ambulância e o reforço do stock de medicamentos.
Vivem na Comuna da Calima, na parte Sul do município do Huambo, com uma extensão territorial superfície de mil e 348 quilómetros quadrados, 66 mil habitantes, que fazem da agro-pecuária principal fonte de sustento.

FONTE: ANGOP/HUAMBO
Com tecnologia do Blogger.