Header Ads


Huambo: 62 Mortes por VIH/Sida no primeiro semestre de 2020 - Portal Vany Musik

POR: Estevão Ngundia
FONTE: Angop/Huambo

Huambo - A província do Huambo, Planalto Central de Angola, registou um aumento de morte por VIH/Sida, nos seis primeiros meses do corrente ano, com 62 casos, contra os 44 de igual período de 2019, soube na última quarta-feira a ANGOP de fonte institucional.

De acordo com um documento da supervisão provincial de luta conta a doença, as mortes resultaram de um total de mil e 187 casos diagnosticados este ano, quando em igual período de 2019 o número de seropositivos foi de mil e 63.
Indica que entre Janeiro a Junho foram testados e aconselhados 59 mil e 167 pessoas dispostas a conhecerem o seu estado serológico.
O documento indica que, nos casos diagnosticados, constam 256 gestantes, 158 das quais foram submetidas ao corte de prevenção vertical (procedimento que impede a transmissão do vírus da SIDA da mãe para o filho).
A SIDA, identificada pela primeira vez em 1981, possui tem três formas de contágio: relações sexuais, contacto com sangue infectado e de mãe para filho, durante a gravidez, parto ou pela amamentação.
Nos dias de hoje, trata-se de uma das mais graves questões relacionadas com o desenvolvimento e a segurança que o mundo enfrenta.
Com 35.771 quilómetros quadros de extensão territorial, a província do Huambo, localizada no Planalto Central de Angola, conta com uma população de dois milhões, 519 mil e 309 habitantes, que têm à disposição 249 unidades sanitárias, construídas nos 11 municípios.
Com tecnologia do Blogger.