Header Ads


Covid-19: Detidos no Huambo quatro pastores do 7º Dia por desobediência - Portal Vany Musik

POR: Estevão Ngundia
FONTE: Angop/HUAMBO

Huambo - Quatro pastores da Igreja Adventista do 7º Dia Monte das Oliveiras foram detidos, na manhã deste sábado, pela Polícia Nacional, no bairro do Casseque I, arredores da cidade do Huambo, por prática de desobediência à luz do Estado de Emergência Nacional.

O director do Gabinete da Cultura, Turismo, Juventude e Desportos da província do Huambo, Jeremias Piedade, informou que os pastores foram apanhados  em flagrante a celebrar culto num dos templos da igreja do bairro em causa, com um total de 35 membros.
O responsável disse que entre os membros destaca-se a presença de crianças e idosos.
Jeremias Piedade considera ser uma irresponsabilidade a atitude dos líderes religiosos, visto que o Estado de Emergência Nacional decretado pelo Presidente da República, João Lourenço, para o combate ao COVID-19, está em vigor desde às 00H00 horas de sexta-feira (27).
“Os aludidos pastores já estão a contas com a justiça e, em breve, deverão responder civil e criminalmente”, salientou.
Com a declaração do Estado de Emergência Nacional está interdito a circulação e a permanência de pessoas na via pública, nos próximos 15 dias, devendo os cidadãos estarem submetidos ao recolhimento domiciliar.
De igual modo, está interdita a circulação de moto-taxistas, bem como a venda de bens não essenciais nos mercados informais e a venda concentrada na via pública ou locais inapropriados.
O não cumprimento da ordem constitui crime de desobediência punível nos termos da Lei Penal, podendo dar lugar a detenção imediata.
A província do Huambo, no planalto central de Angola, conta, neste momento, com 27 casos suspeitos de Covid-19, que se encontram em quarentena domiciliar.
A província do Huambo, Planalto Central de Angola, conta dois milhões, 519 mil e 309 habitantes, distribuídos em 11 municípios.
Com tecnologia do Blogger.