Header Ads


PIIM torna circulação rodoviária mais fluida e segura no Huambo - Portal Vany Musik

Por: Estevão Ngundia
Fonte: Angop/Huambo

Huambo - A circulação rodoviária nos bairros periféricos da cidade do Huambo, província com o mesmo nome, deverá estar, nos próximos três meses, mais segura e fluida, depois da conclusão dos trabalhos de terraplenagem de 15 quilómetros de estradas, no âmbito do Plano Integrado de Intervenção dos Municípios (PIIM).

Testemunhou o auto de consignação, que simboliza o arranque oficial das obras, orçadas em 45 milhões de Kwanzas, a governadora da província do Huambo, Lotti Nolika.
Trata-se das estradas que ligam os bairros do Compão Baixo ao da Fátima suburbano, Santa-Iria/Bomda Baixa, Campo do Monte Adriano/Zona do Centro Materno Infantil da Mineira (Santo António), assim como a via alternativa entre o Bairro de São Pedro ao mercado informal do Ferro.
O projecto contempla, igualmente, a estrada Camussamba/Sassonde I, como forma de ver melhorada a circulação de pessoas e bens nestas localidades.
Na ocasião, a governadora Lotti Nolika, em declarações à imprensa, referiu que a reabilitação das vias de acesso constitui uma das apostas do Governo local, com o objectivo de melhorar a qualidade de vida da população, resolvendo os problemas de escoamento dos produtos do campo para a cidade.
A governante disse estar ciente das demais dificuldades que a população da província enfrenta, tendo, por isso, assegurado que, apesar do momento menos bom que o país vive, devido a uma situação macro-económica e financeira, bem como da Covid-19, as autoridades vão continuar a priorizar a resolução dos anseios da população.
Já o administrador do município do Huambo, João Figueiredo, informou que a terraplenagem dos 15 quilómetros de estradas consta do plano de execução aprovado em 2019, com sete projectos, avaliados em mais de 150 milhões de Kwanzas.
Lembrou que, dentre os sete projectos constam, entre outros, as obras de reparação de mais de 20 sistemas de água, a construção de um alpendre, incluindo um muro de vedação para a vacinação de crianças, e o apetrechamento do posto médico, ambos na zona da Quissala, arredores da cidade do Huambo, bem como a reabilitação e ampliação das centrais terminas das comunas da Calima e Chipipa.
O gestor municipal informou terem já sido executados os projectos de reabilitação e ampliação da central térmica da comuna da Chipipa, a 18 quilómetros do centro desta cidade, com um custo de nove milhões e 400 mil  Kwanzas, com dois mil consumidores.
Ainda esta terça-feira, no âmbito do PIIM, foram, igualmente, assinados os autos de consignação para a requalificação dos passeios e lancis da vila municipal do Ucuma, 100 quilómetros a Oeste da cidade da cidade do Huambo, assim como das obras de terraplenagem de 22 quilómetros entre a sede deste município à comuna do Mundundo.
Lançado em Agosto de 2019, pelo Presidente da República, João Lourenço, o PIIM congrega necessidades e iniciativas dos municípios, ajustadas às prioridades locais e aos anseios da população.
Privilegia, no plano operacional e a curto-prazo, um conjunto de iniciativas viradas para a implementação das políticas plasmadas no Plano de Desenvolvimento Nacional (PDN 2018-2022), articulado com o Plano Nacional Estratégico da Administração do Território (PLANEAT 2015-2025).
Com tecnologia do Blogger.