Header Ads


Huambo: Polícia detém marginais que praticavam crimes no Jardim da Cultura - Portal Vany Musik

POR: Estevão Ngundia
FONTE: Angop/Huambo

Huambo - Dois cidadãos, de 25 a 32 anos de idade, que, supostamente, dedicavam-se aos crimes de ofensas corporais e posse ilegal de arma de fogo no Jardim da Cultura, no centro desta cidade, foram detidos no fim-de-semana findo, pela Polícia Nacional, no âmbito da “Operação Tranquilidade”.
A informação foi prestada hoje, segunda-feira, pelo comandante municipal da Polícia Nacional no Huambo, inspector-chefe, António Catuta, em conferência de imprensa, quando procedia ao balanço da referida operação, realizada de sexta-feira a domingo, a nível do município do Huambo.
De acordo com o comandante, para a concretização dos seus intentos, os referidos indivíduos interpelavam, com uma arma de fogo, de tipo pistola, os cidadãos que frequentavam a zona, tida como um dos principais locais de atracção turística da urbe.
Com a mesma arma, continuou, os meliantes realizaram, na passada quinta-feira, um disparo que provocou ferimentos graves a um cidadão, que se encontra actualmente no Hospital Geral do Huambo.
António Catuta fez saber ainda que, fruto da operação policial, realizada nos bairros de São Pedro, Monte Adriano, Camussamba, São João e Cambiote foi possível aprender cinco armas de fogo, duas motorizadas de marca Bajaj, um televisor plasma, um computador, duas catanas e dois machados.
Ainda em termos de balanço, deu a conhecer a realização de 200 revistas, das quais 76 em viaturas e 124 a transeuntes, e, por este facto, assegurou que acções de género vão continuar, no sentido de garantir a segurança e tranquilidade pública.
A Operação Tranquilidade, realizada pelo comando municipal do Huambo, em coordenação com Unidade Operativa e o Departamento Provincial de Trânsito e Segurança Rodoviária, teve como objectivo o reforço do policiamento aos finais de semana.
Com tecnologia do Blogger.